Penafiel é a terceira cidade portuguesa a subscrever a Declaração do Porto sobre a Agenda Urbana da Água, a iniciativa comunitária para a gestão sustentável da água nas cidades da União Europeia (UE). Até ao momento, são 22 as cidades europeias signatárias, entre as quais estão três portuguesas: Lisboa, Porto e, agora, Penafiel.

Foi a 29 de Setembro de 2017 que, na cidade do Porto, foi apresentada a Declaração do Porto sobre a Agenda Urbana da Água. Entre as cidades que subscreveram o documento estão Lisboa, Porto, Amesterdão (Holanda), Copenhaga (Dinamarca), Paris (França), Oslo (Noruega), ou cidades de média dimensão como Leeuwarden (Holanda) ou Prato (Itália). A estas junta-se, agora, Penafiel, num compromisso que a cidade da região Norte anuncia como “uma mais-valia”.

No sentido de “trabalhar e promover políticas e práticas” para “uma gestão sustentável da água”, o município de Penafiel juntou-se, assim, no passado dia 26 de Março, a Porto e Lisboa como a terceira cidade portuguesa a integrar o grupo de signatários da declaração, que reconhece a importância da procura de soluções para os desafios que a gestão sustentável da água coloca às cidades, promovendo simultaneamente a partilha de boas práticas e aumentando os esforços de comunicação destes mesmos desafios perante os cidadãos e as diversas partes interessadas.

Em nota de imprensa, a câmara municipal de Penafiel anunciou a assinatura da declaração, através da Penafiel Verde - a entidade responsável pelos serviços de abastecimento de água e saneamento da cidade nortenha – com a coordenação de Barbara Anton, responsável  pelo do projecto “Urban Water Management Sustainable Resources, Climate and Resilience”. O município lembra que “a qualidade de água de torneira para consumo humano no concelho de Penafiel foi classificada” com nível de segurança “de 100%” pelo “segundo ano consecutivo”, de acordo com o relatório anual sobre o Controlo da Qualidade da Água para Consumo Humano, realizado pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR).

A Agenda Urbana da Água 2030 é uma iniciativa conjunta da Comissão Europeia e dos governos locais que tem como objectivo “salvaguardar os recursos hídricos” e implementar políticas de gestão sustentável da água no espaço europeu.