Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra (SMAS de Sintra) reforçaram a frota de veículos destinados à recolha seletiva de biorresíduos, para darem resposta ao circuito exclusivo de recolha dedicada, seja junto dos agentes económicos do setor da restauração e similares (Canal HORECA), seja junto de entidades educativas e sociais, enquanto grandes produtores de resíduos alimentares.

Após a aquisição de uma viatura pesada de 19 toneladas, os SMAS de Sintra adquiriram um novo veículo de recolha de restos alimentares, com capacidade de 8 metros cúbicos, que representou um investimento de cerca de 120 mil euros. Esta nova viatura vai permitir a recolha de biorresíduos em restaurantes e outras entidades de menor dimensão, com acessos limitativos para as operações de recolha, assim como as que se localizam em áreas urbanas com maior dificuldade de circulação.

A viatura destina-se à remoção, compactação, transporte e descarga de resíduos orgânicos, provenientes do circuito exclusivo de grandes produtores, dispondo de equipamento para elevação e basculamento de contentores.

Recorde-se que, para as instituições que integram o circuito exclusivo com recolha dedicada, os SMAS de Sintra cedem contentorização de cor castanha, com capacidade que varia dos 120 aos 660 litros, consoante a produção de biorresíduos. Este circuito exclusivo destina-se a empresas de maior dimensão, estabelecimentos de ensino, entidades públicas, mercados municipais e IPSS (Instituições Particulares de Solidariedade Social).

Após a implementação do Sistema de Recolha Seletiva de Biorresíduos para o sector doméstico, que foi alargado a todo o concelho de Sintra no início do último trimestre de 2022, os SMAS de Sintra continuam a potenciar a recolha de grandes quantidades de restos alimentares, que serão valorizados para a produção de composto orgânico, para fertilização dos solos agrícolas, ou energia elétrica a partir do biogás produzido.

O texto acima é da responsabilidade da entidade em questão, com as devidas adaptações.