A Fundação Calouste Gulbenkian abriu uma linha de apoio a projetos que promovem a participação pública na ação climática. O concurso é dirigido a municípios e organizações não governamentais (ONG) a atuar em Portugal e que demonstrem ter experiência e capacidade para testar novas abordagens e fomentar a mobilização em larga escala em iniciativas de ação climática.

Este concurso, que pretende apoiar projetos com impacto direto em território português, quer promover o envolvimento dos cidadãos no desenho dos planos locais de ação climática, incentivar a inovação, a colaboração e a partilha de conhecimentos entre municípios e ONG ambientais, reforçar as capacidades da sociedade civil, responder a necessidades e lacunas incentivar a influência dos cidadãos na priorização da ação climática na agenda pública, entre outras iniciativas. Os projetos selecionados receberão um apoio de até 30.000 euros.

As candidaturas estarão abertas até dia 5 de fevereiro de 2024. Uma sessão online para esclarecimentos sobre as candidaturas está marcada para dia 11 de janeiro de 2024, entre as 11h00 e as 12h30 Serão oportunamente divulgadas mais informações sobre a sessão.

Conheça melhor o concurso aqui.

O texto acima é da responsabilidade da entidade em questão, com as devidas adaptações.