O desafio é lançado às entidades colectivas no âmbito da sexta Convocatória Aberta para a inovação digital do Porto, que está a decorrer até dia 31 de Agosto. Esta iniciativa, promovida pela câmara municipal (CM) do Porto e coordenada pela Associação Porto Digital, conta, neste ano, com 100 mil euros a atribuir aos melhores projectos.

A CM Porto e a Associação Porto Digital anunciaram, na sexta-feira, a abertura da sexta Convocatória Aberta, uma iniciativa que financia projectos com o objectivo de desenvolver e dinamizar o ecossistema tecnológico da cidade e contribuir para a estratégia digital da cidade. Com um orçamento de 100 mil euros, há um texto máximo por projecto seleccionado de 10 mil euros, isentos de IVA.

As melhores propostas serão escolhidas no enquadramento das seguintes vertentes: estudos, mapeamentos e avaliações desse ecossistema; partilha de conhecimento, capacitação e formação profissional e estímulo da literacia digital cidadã; promoção e dinamização de comunidades tecnológicas e da ciência e conhecimento; valorização da inovação e tecnologia idealizando, experimentando e desenvolvendo “soluções e serviços inovadores” junto de empresas de base tecnológica.

Contando também com o apoio da UPTEC, esta iniciativa já vai na sexta edição. Os dados das últimas edições já concluídas – quatro – referem que já “foram avaliadas 173 candidaturas e apoiados 31 projectos, que, no total, envolveram mais de dez mil participantes”, indica a CM Porto.

Nesta edição de 2022, as entidades e organizações colectivas, nacionais ou estrangeiras, poderão submeter as suas propostas aqui, até dia 31 de Agosto.