O arquipélago dos Açores, o geoparque de Arouca, as regiões de Alto Minho e Oeste, Águeda, Cascais e o município de Sintra são os sete destinos portugueses que receberam a distinção Green Destinations Top 100 Stories. Esta lista, divulgada na terça-feira, pretende dar a conhecer histórias de boas práticas do ponto de vista da sustentabilidade.

A fundação Green Destinations, que dá visibilidade a destinos que promovem a sustentabilidade e o turismo através de diferentes programas, deu a conhecer, na terça-feira, os vencedores da iniciativa Green Destinations Top 100 Stories. Esta competição mundial, promovida anualmente no âmbito da Top 100 Partnership e apoiada pela Future of Tourism Coalition, selecciona e partilha as histórias de 100 destinos que se distinguem pela qualidade, pela replicabilidade, pela inovação e pela sustentabilidade de boas práticas.

Em Portugal, a distinção da Green Destinations voltou a ser atribuída, à semelhança do ano passado, à região do Alto Minho, ao geoparque de Arouca, ao arquipélago dos Açores, a Sintra, a Cascais e a Águeda. Em relação a 2021, a novidade é a presença de Oeste Portugal na lista, que, neste ano, não integra a Paisagem Protegida Local das Serras do Socorro e Archeira, nem Nazaré, nem o Dark Sky Alqueva.

Entrega da distinção ao município de Águeda.

Entre os destinos portugueses destacados, Águeda já reagiu à distinção. “[É] um reconhecimento pelas boas práticas de sustentabilidade que temos implementado no nosso concelho”, sublinha Jorge Almeida, o presidente da câmara municipal de Águeda. Em comunicado, a autarquia salienta que essas boas práticas têm sido aplicadas não só na área do turismo e da sustentabilidade, como na área “da qualidade, do ambiente e desenvolvimento, da cultura e do desporto”.

As boas práticas seleccionadas serão, agora, partilhadas com gestores turísticos, operadores de tours e turistas. O objectivo, segundo a Green Destinations, é difundir pela indústria turística exemplos de soluções que podem ser implementadas como resposta aos desafios do sector, incentivando também o desenvolvimento sustentável. A entrega dos certificados foi realizada no Dia Mundial de Turismo, 27 de Setembro, durante um evento internacional em Atenas, organizado pela Green Destinations.