A 9ª edição do Prémio para o Planeamento de Mobilidade Urbana Sustentável (SUMP - Sustainable Urban Mobility Planning) está à procura, até 31 de Outubro, de cidades empenhadas na inclusividade e descarbonização da mobilidade. Atribuído pela Comissão Europeia, o galardão é um complemento à Semana Europeia da Mobilidade, que este ano se realiza de 16 a 22 de Setembro.

As candidaturas estão abertas e o foco deste ano está no transporte inclusivo e sem emissões, assim como na adopção, por parte das autarquias, de Planos de Mobilidade Urbana Sustentável (PMUS). Até 31 de Outubro, a Comissão Europeia vai procurar a cidade que mais se destaca de acordo com o tema central da edição deste ano da Semana Europeia da Mobilidade: Emissões Zero, Mobilidade para todos.

Lançada em 2012, a distinção SUMP premeia todos os anos as cidades que mais se destacaram em matéria de mobilidade urbana sustentável. Na edição do ano passado foi a região de Bruxelas a conquistar o prémio, destacando-se pelas metas que traçou para a segurança rodoviária: em 2030, a capital belga quer alcançar zero mortes na estrada, comprometendo-se, ainda, a aumentar as zonas exclusivamente pedonais e a reduzir a velocidade máxima dentro da cidade para 30 quilómetros por hora até 2021.

Os critérios para a avaliação das candidaturas submetidas pelas cidades europeias podem ser consultados on-line (download).

O prémio SUMP acontece de modo complementar em relação à Semana Europeia da Mobilidade, premiando, todos os anos, a cidade que mais se destaca em matéria de planeamento de mobilidade urbana sustentável dentro da área temática escolhida para cada edição. O objectivo do prémio é encorajar autoridades locais de cidades europeias a adoptar Planos de Mobilidade Urbana Sustentável.