De 16 a 22 de Setembro, a edição deste ano da Semana Europeia da Mobilidade (SEM) aponta o foco para o transporte sem emissões e para a inclusividade. Até ao momento, são perto de 50 os municípios portugueses que já se inscreveram na iniciativa europeia que todos os anos celebra e promove a mobilidade sustentável.

Emissões Zero, Mobilidade para todos - é este o mote para a edição deste ano da SEM, a iniciativa anual da União Europeia para a mobilidade sustentável. Ao início do dia de hoje, encontravam-se inscritos no evento de escala local e europeia 2300 municípios, com 600 iniciativas programadas, entre as quais se contam a realização de dias sem carros, a adopção de medidas permanentes para a transferência modal do automóvel particular para meios de transporte sustentáveis e um conjunto de actividades relacionadas com o tema deste ano. Entre as medidas permanentes mais adoptadas no âmbito da SEM estão as intervenções destinadas ao aumento da inclusão na acessibilidade, com acções ao nível do alargamento ou rebaixamento de passeios e remoção de obstáculos arquitectónicos, mas também a implementação de novas ciclovias ou sistemas de partilha de bicicletas.

Este ano, e com as inscrições ainda abertas aos centros urbanos interessados em participar no evento europeu, Portugal contava, ao início do dia, com 47 municípios inscritos. Este é um número que, por agora, contrasta com a participação portuguesa na última edição, que contou com a presença de 108 municípios. A edição de 2019 foi a mais participada de sempre, com 3135 municípios e 2392 acções planeadas.

Com início marcado para a próxima quarta-feira, a edição deste ano da SEM, realizada em plena pandemia, vai centrar as atenções na “importância do acesso a meios de transporte sem emissões” e à inclusividade na mobilidade urbana, que deve ser capaz de envolver “todas as pessoas”. O objectivo desta SEM, focada na descarbonização da mobilidade, é a de “encorajar pessoas e autoridades locais de toda a Europa a tomar acções no sentido de alcançar o objectivo de longo prazo de um continente neutro em carbono”. As acções de encerramento de artérias ao tráfego automóvel devem acontecer, preferencialmente, no dia 22 de Setembro, data que marca o dia mundial sem carro.

Para além de se encontrarem abertas aos municípios europeus, a SEM também convida organizações não governamentais, empresas ou instituições de ensino a registar iniciativas de promoção de mobilidade sustentável.