Foi na cidade chinesa de Shenzhen, casa de mais de 12 milhões de pessoas, que a gigante das comunicações chinesa Huawei juntou, nos passados dias 14 e 15 de Maio e em parceria com o governo local, mais de 300 representantes oficiais e especialistas em smart cities de todo o mundo para ajudar a “criar o futuro brilhante da cidade inteligente”. No Shenzen Smart City Forum foi discutido o potencial das tecnologias de big data, Inteligência artificial (IA), Internet das Coisas (IoT) e 5G na melhoria da competitividade das cidades e da qualidade de vida dos cidadãos.

Num evento que contou com a participação da UN-Habitat, a agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para o desenvolvimento urbano sustentável, foram apresentados os últimos avanços tecnológicos e partilhadas as melhores práticas associadas à inteligência urbana. Mais de 300 representantes municipais e especialistas internacionais reuniram-se na cidade do sudeste da China para promover a partilha de boas práticas e a cooperação na “construção digital” e inteligente das cidades.

Organizado pelo município de Shenzhen e pela Huawei, a conferência teve como foco a integração profunda das tecnologias digitais nas actividades urbanas, que se estendem desde a gestão governamental, à segurança pública e ao desenvolvimento industrial das cidades. O fórum dedicado à inteligência urbana discutiu, assim, o potencial encontrado na análise de grandes conjuntos de dados (big data), na Internet das Coisas, na inteligência artificial e nas novas tecnologias de transmissão de dados (como é o caso da tecnologia 5G) para ir ao encontro dos novos requisitos de desenvolvimento das cidades.

Em nota de imprensa, a chinesa Huawei declarou estar a “desenhar”, em conjunto com os “parceiros de ecossistema”, a “planta para a plataforma digital”, para o seu próprio “centro de operações inteligente” e para a criação de soluções para smart cities. Entre as soluções tecnológicas apresentadas pela multinacional de comunicações, estão soluções direccionadas para a gestão governamental de big data, para a gestão governamental na nuvem (cloud), mas também para a vigilância.

Entre os oradores do Shenzhen Smart City Forum, esteve Ugo Valenti, director executivo do maior evento de inteligência urbana a nível mundial, o Smart City Expo World Congress, sediado na cidade espanhola de Barcelona.