A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova acaba de anunciar o projeto de construção de uma ciclovia nas Termas de Monfortinho, que irá criar condições para uma mobilidade mais suave e permitir a requalificação da rede viária da localidade.

Armindo Jacinto, presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, apresentou publicamente o projeto da ciclovia esta quinta-feira, 9 de julho, durante a inauguração do novo Posto de Turismo das Termas de Monfortinho, com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, e outras entidades.

“É um projeto que lançamos para as Termas de Monfortinho, que envolve um investimento de 600 mil euros, para criar nesta localidade condições para uma mobilidade suave, a pé ou de bicicleta. Esta ligação mista pedonal e ciclável vai interligar hotéis e outras unidades de alojamento, balneário termal, restaurantes e outros serviços, numa extensão de 3,5 Km. Com este investimento, vamos ainda reabilitar vias e ruas da localidade das Termas de Monfortinho”, adianta Armindo Jacinto.

O projeto prevê a circulação mista de automóveis e bicicletas, com separação por um canal específico para garantir a segurança de automobilistas, ciclistas e peões, promovendo assim a proteção ambiental, a mobilidade e a prática desportiva.

A Ciclovia das Termas de Monfortinho é um projeto que faz parte do Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável para a Beira Baixa.

ESTA ENTIDADE FAZ PARTE DO SMART CITIES NETWORK

VER PERFIL

O texto acima é da responsabilidade da entidade em questão, com as devidas adaptações.