2017-09-05

Táxis portugueses entram no mundo “cashless”

Muito em breve, vai ser possível andar de táxi em Lisboa e pagar o serviço sem usar dinheiro físico. Numa parceria que junta a ANTRAL (Associação Nacional de Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros), a Mastercard, a myPOS e a Central Nacional de Táxis Digital (CNTD), a nova solução vai ser instalada nas viaturas, permitindo pagamentos com cartão de crédito/débito e pagamentos sem contacto, através do smartphone ou do smartwatch.

 

Apresentada na última sexta-feira, na sede da ANTRAL, em Lisboa, a iniciativa surge como mais uma resposta à exigência de formas cada vez mais modernas, rápidas e cómodas para o pagamento de serviços, naquele que é um sector relevante para a mobilidade nas cidades. “Actualmente, as cidades têm excesso de transportes individuais.  É necessário criar soluções de mobilidade inteligentes que nos permitam a deslocação nas cidades sem nunca abdicarmos da mobilidade e a solução agora apresentada potencia exactamente estas deslocações nas cidades de forma ambientalmente sustentável”, afirmou o João Matos Fernandes, ministro do Ambiente, que esteve presente na apresentação.

 

A solução é composta por um pack myPOS, que inclui um terminal POS móvel, uma conta on-line e um cartão Mastercard. Para além de agilizar o pagamento para os clientes, a iniciativa pretende também facilitar a vida aos motoristas, que não terão de pagar quaisquer taxas de instalação ou mensalidade para a utilização. O equipamento, por sua vez, terá “um custo acessível”, refere o comunicado.

 

Para a ANTRAL, esta parceria é mais “um passo em frente” no trabalho que a associação tem desenvolvido para a “adaptação dos serviços à revolução digital”. “A disponibilização de serviços de táxi seguros, cómodos e adequados às necessidades e exigências dos actuais clientes é fundamental para aproximar os táxis dos utentes e é nesse sentido que temos vindo a trabalhar”, disse Florêncio Almeida, presidente da direcção da ANTRAL.

 

“Estamos muito entusiasmados com esta parceria com a Antral e a myPOS, já que representa mais conveniência para os passageiros dos táxis portugueses, especialmente por sabermos que os utilizadores estavam ansiosos pelo aumento do número de táxis com a possibilidade de aceitação de pagamentos electrónicos. Isto será também extremamente prático para turistas que visitam o nosso país, dado que poderão pagar, a partir de agora, com qualquer tipo de cartão que tenham", referiu, por sua vez, Paulo Raposo, country manager da Mastercard em Portugal.

 

Mais de duas mil empresas de táxi na União Europeia e Suíça usam já as soluções tecnológicas de pagamento myPOS, revelou o responsável pela empresa em Portugal, Pedro Pinto. “A nossa chegada a Portugal no início deste ano e o feedback que temos vindo a recolher junto dos nossos clientes nacionais faz-nos antever um enorme sucesso para esta parceria com a ANTRAL”, declarou.

 

VOLTAR

NOTÍCIAS RELACIONADAS

2018-01-22
Não poluente e partilhada – assim se quer a mobilidade do futuro
As cidades enfrentam, hoje, dois grandes desafios que as obrigarão cada vez mais a repensar os seus planos de...
2018-01-16
Se cá nevasse, andávamos mais de bicicleta
Se cá nevasse, andávamos todos muito mais de bicicleta e usaríamos os parques, as esplanadas e as crianças...
2018-01-10
GPA: Cinco projectos de inovação urbana disputam vitória
Já são conhecidos os 75 finalistas da 10ª edição do Green Project Awards (GPA), seleccionados a partir de 150...
2018-01-08
“A bilhética deve ser pensada de forma aberta e interoperável”
Com vista a uma mobilidade urbana mais sustentável, um sistema de bilhética prático, eficaz e funcional é...
VER TODAS