2017-12-12

Em Almada, o mercado de natal é sustentável

Durante cinco dias, de 13 a 17 de Dezembro, o centro de Almada vai ser palco de mais um Mercado de Natal Amigo da Terra. A 14ª edição do evento de solidariedade e sustentabilidade tem como mote Dois Pedais, Mais Natais e vai juntar mais de 70 artesãos, produtores e criadores nacionais e 50 oficinas práticas e convida os participantes a fazer os seus próprio presentes de natal.


O já tradicional mercado natalício de Almada realiza-se na Oficina de Cultura e na Praça São João Baptista, apresentando, como temas centrais, as vertentes solidária e sustentável.


Este mercado junta “artesãos, eco-designers, criadores e projectos de todo país”, para além de instituições de solidariedade do concelho, com o objectivo de trazer “sugestões originais de prendas de natal produzidas com preocupações ambientais”. Quem o diz é Catarina Freitas, directora do departamento de energia, clima, ambiente e mobilidade da câmara municipal de Almada. A responsável da autarquia de Almada acrescenta, ainda, que, para além de os visitantes poderem adquirir prendas, podem, também, “aprender a fazer os próprios presentes, utilizando materiais reciclados ou naturais”.


Quem visitar o Mercado de Natal Amigo da Terra, pode adquirir presentes solidários, no valor de um euro, assistir às sessões de show-cooking, música, teatro e, ainda, tomar parte nas 50 oficinas práticas, onde os participantes são convidados a criar os seus próprios presentes a partir de materiais recuperados e produtos naturais. Para além disto, a organização do evento promove um passeio de bicicleta. Aqui, os participantes são convidados a trazer bens alimentares para doar à ReFood de Almada, que os distribuirá posteriormente.


Cada um dos expositores foi desafiado a apresentar, pelo menos, uma sugestão de presente que não ultrapasse o valor de um euro.


Aqueles que não quiserem carregar as compras para casa, têm à sua disposição um serviço gratuito de entregas em bicicleta.


As novidades deste ano incluem brinquedos de madeira, cosmética natural, vestuário produzido a partir de materiais naturais e mobiliário restaurado, colocando o foco na sustentabilidade, uma das bandeiras do evento.


O mercado é de entrada gratuita e oferece espaços dedicados às famílias, com jogos, artes e horas dedicadas à leitura de contos. Da programação constam, ainda, espectáculos de música ao vivo e representações teatrais alusivas ao natal.


VOLTAR

NOTÍCIAS RELACIONADAS

2018-01-16
Se cá nevasse, andávamos mais de bicicleta
Se cá nevasse, andávamos todos muito mais de bicicleta e usaríamos os parques, as esplanadas e as crianças...
2018-01-15
ADENE e EPAL lançam projecto para promover uso eficiente de água nas cidades
A ADENE - Agência para a Energia e a EPAL lançaram o Aqua eXperience, um portal web que quer promover comportamentos...
2017-12-19
Barómetro da Mobilidade Nacional e Manifesto Circula de olho nas tendências
Foi apresentado o Barómetro da Mobilidade em Portugal. A observação das novas tendências no campo da mobilidade é...
2017-12-14
Oito veículos eléctricos ajudam a limpar as ruas de Oeiras
A câmara municipal de Oeiras adquiriu, recentemente, sete veículos eléctricos para aspiração e lavagem de vias...
VER TODAS