2016-09-30

José Luís Gaspar, presidente CM Amarante

Amarante: “Mais emprego, emprego mais qualificado e mais bem remunerado

Amarante lança hoje uma plataforma para a captação de investimento privado na cidade. Inovação na Cidade, Turismo, Desenvolvimento Sustentável e Indústria do Futuro são alguns dos eixos de aposta da InvestAmarante, adianta à Smart Cities o autarca José Luís Gaspar. “O futuro será o resultado de projectos e ideias ambiciosas”, acredita o o presidente da câmara municipal de Amarante.

 

Que necessidades levaram à criação da InvestAmarante?

A InvestAmarante nasce da vontade da câmara municipal de Amarante se assumir como um agente facilitador do desenvolvimento económico, criando, neste contexto, uma estrutura em linha com o que de melhor está a ser feito, no plano nacional e internacional. Ou seja, criamos a InvestAmarante para promover e captar oportunidades de investimento para Amarante, de forma pró-activa, prestando um serviço qualificado aos investidores, garantindo-lhes a agilidade dos processos, a activação das parcerias locais e nacionais e a mobilização de incentivos à instalação de investimento no território. E, além da dimensão da captação do investimento, a InvestAmarante irá também desenvolver projectos de promoção do desenvolvimento económico nas áreas do Turismo, da Inovação na Cidade (smart city), da Indústria, entre outros sectores.

 

Existem já projectos em carteira?

Um exemplo de um projecto desta estrutura, agora lançada, é já a “Indústria do Futuro”, que é uma plataforma na qual empresários, empreendedores, investigadores e associações sectoriais, discutem sobre como preparar as empresas para a 4ª Revolução Industrial e retirar desta realidade oportunidades de inovação. Tudo isto em nome do objectivo primordial: transformar Amarante num território onde exista mais e melhor emprego, maior qualidade de vida e maior atractividade para o turismo. 

 

Tendo em conta a realidade do município, que sectores são mais promissores à atracção de investimento?

Amarante é um território de enorme potencial, o qual está paulatinamente a entrar no radar do investimento, fruto de uma feliz combinação de factores. Amarante situa-se a 30 minutos da cidade do Porto, do aeroporto, do Porto de Leixões, com ligação directa em auto-estrada. Para além da localização, Amarante é uma cidade de cultura, é uma cidade de natureza e a origem de enormes vultos, de marcantes empreendedores e de excelentes profissionais. Acreditamos que Amarante é muito competitiva para investimentos nos sectores do turismo, da indústria e serviços que necessitem de forte componente logística, do sector da transformação alimentar e também empresas cujos empreendedores apreciem o “viver devagar”, que é uma das grandes propostas de valor que o território oferece em termos de qualidade de vida.

 

Que impactos espera que a plataforma tenha no território?

A InvestAmarante é uma aposta no fomento do desenvolvimento económico. Acreditamos que, através dos serviços que irá prestar e dos projectos que irá implementar, a InvestAmarante dê aqui um forte impulso económico, criando-se mais emprego, emprego mais qualificado e mais bem remunerado.

 

Para além do incentivo ao empreendedorismo, quais são as ambições de Amarante para o futuro próximo?

Acreditamos que a estratégia certa para o desenvolvimento económico passa por uma combinação virtuosa de elementos. Em primeiro lugar, organizar e planear, de forma estratégica, os sectores económicos, com significado e potencial, existentes no território. Falo do turismo, do sector agro-alimentar, da metalomecânica, entre outros. Em segundo lugar, contribuir para o desenvolvimento de competências, conhecimento, cultura empresarial que, de forma transversal, potenciem a actividade económica. Em terceiro lugar, atrair novos motivos de interesse, novos públicos e novas actividades económicas. Existe um conjunto de projectos com a marca de coragem que tem caracterizado Amarante e que estão a ser preparados, alguns dos quais serão anunciados agora no dia 30, outros que o serão muito em breve. De forma global, queremos assegurar que o futuro será o resultado de projectos e ideias ambiciosas.

 

 

 

VOLTAR

NOTÍCIAS RELACIONADAS

2017-07-04
Amarante aposta na música em candidatura à UNESCO
Amarante quer pertencer à Rede de Cidades Criativas da UNESCO na categoria Música. A candidatura foi formalizada no...
2017-06-26
FabCity – o próximo passo?
Nos últimos anos, temos assistido ao surgimento de uma série de movimentos e iniciativas que nos fazem repensar os...
2017-06-20
Tourism Up procura projectos turísticos inovadores longe das cidades
Promovido pelo Territórios Criativos e Turismo de Portugal, o Tourism Up vai percorrer o país, longe das grandes...
2017-06-16
Uma semana para debater o futuro e inovação na água
De 24 a 30 de Setembro, o Porto vai ser a capital europeia da água e inovação, através da realização da Porto...
VER TODAS