2017-09-06

CycleHack: o evento para eliminar barreiras à bicicleta está de volta

Fazer frente às barreiras que os utilizadores de bicicleta encontram pela cidade, através de soluções pensadas e desenvolvidas pelos próprios. É precisamente isso que o CycleHack se propõe a fazer em Lisboa, nos próximos dias 15, 16 e 17 de Setembro.

 

Naquela que será a segunda edição do capítulo lisboeta do CycleHack, os utilizadores de bicicleta voltam a ser colocados no papel de designers de soluções para os problemas enfrentados diariamente. Na noite de dia 15, os participantes serão convidados a debater os obstáculos à utilização da bicicleta em Lisboa. Nesta mesma noite, terão ainda lugar apresentações de Miguel Barroso (autor de O Livro da Bicicleta), Ana Pereira (A Casa da Bicicultura), Paulo Vaz (Escola Clube de Ciclismo de Lisboa) e João Barreto (aplicação móvel BIKLIO).

 

No sábado, dia 16, o convite é dirigido à criatividade de todos os envolvidos no evento. Através de desenhos e protótipos e numa iniciativa que promove a cultura DIY (Do it yourself), devem desenvolver-se ideias ou produtos que visem ultrapassar as várias barreiras identificadas. Para materializar e ilustrar as suas ideias e produtos, os participantes podem recorrer a materiais simples, tais como papel, plasticina e cartão.

 

Para o último dia do evento, está reservada a apresentação das ideias e produtos desenvolvidos, que serão, depois, colocados à prova. No final, terá lugar um passeio de bicicleta pela cidade.

 

Para Bruno Santos, da organização do CycleHack, este evento vem permitir o envolvimento dos principais interessados “nos processos de construção da cidade”, já que “muitas vezes, os utilizadores de bicicleta sentem que não são ouvidos, ou a sua experiência considerada”. “Num evento CycleHack, as pessoas juntam-se para colaborarem e, ao mesmo tempo que geram ideias potencialmente úteis e implementáveis posteriormente, conhecem-se, reforçam laços sociais e divertem-se, explorando a sua criatividade”.

 

O evento de co-criação vai realizar-se na Fábrica Moderna, em Marvila, sendo que as inscrições - gratuitas - estão abertas até ao próximo dia 11 de Setembro. O CycleHack é um evento sem fins lucrativos que surgiu na Escócia, em 2014, e que tem como objectivo empoderar os utilizadores de bicicleta, promovendo o encontro e a co-criação. O evento, hoje presente em várias cidades, um pouco por todo o mundo, chegou a Lisboa através da Bicicultura, uma associação local dedicada à promoção e educação para a mobilidade em bicicleta.

 

VOLTAR

NOTÍCIAS RELACIONADAS

2018-02-19
Portugal Smart Cities Summit convida a ir até à antiga FIL
A temática das cidades inteligentes vai voltar ao Centro de Congressos de Lisboa (CCL), a antiga FIL, mas, desta vez,...
2018-02-06
Cidade de Lisboa investe no apoio aos mais idosos
A câmara municipal de Lisboa e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa vão investir mais de 100 milhões de euros no...
2018-02-01
Smart City Expo Curitiba destaca ecossistema de inovação no Brasil
Tecnologia disruptiva, governança, inovação digital e cidades sustentáveis do futuro - são estes os quatro temas...
2018-01-30
OPINIÃO: Será 2018 o ano das Cidades Inteligentes?
Se 2017 foi um ano que tornou clara a inevitabilidade da transformação digital do mundo, foi também o ano em que os...
VER TODAS