2017-07-14

PAVNEXT, a solução que torna a estrada mais segura e amiga do ambiente

A 5ª edição do Big Smart Cities, a mais participada de sempre, coroou a start-up portuguesa Pavnext como grande vencedora. Criada por um engenheiro electrotécnico, uma designer e um gestor, a solução que reuniu a preferência do júri, entre os 20 finalistas da competição, consiste num pavimento que aproveita a energia cinética dos veículos para reduzir velocidades e gerar energia.

 

O processo de desenvolvimento do Pavnext reuniu Francisco Duarte, Sílvia Soares e João Champalimaud e resultou num equipamento para aplicação em pavimentos rodoviários que se mostra capaz de reduzir as velocidades na estrada, contribuindo para o aumento da segurança rodoviária, e gerar energia que pode ser direccionada para a iluminação pública. Não se fica, no entanto, por aí. Permite fazer contagens de tráfego e velocidade e possibilita a criação de relatórios e a optimização dos consumos energéticos em tempo real.

 

Para além da atribuição do primeiro lugar à Pavnext, que lhe valeu um prémio de 10 mil euros, incubação no Vodafone Power Lab e uma viagem a Estocolmo para conhecer os pólos de inovação da Ericsson, foram ainda atribuídas, pela competição de empreendedorismo promovida pela Vodafone e pela Ericsson, duas distinções: o prémio Vodafone e o prémio Ericsson. O primeiro, no valor de 2500 euros, foi atribuído à Tram Grid, uma solução de carregamento rápido de veículos eléctricos que se “alimenta” das redes aéreas dos eléctricos e comboios para gerar a energia necessária. Já o segundo prémio, com o mesmo valor, foi conquistado pela solução Smart Forest, que recorre a uma rede de sensores de baixo custo para reduzir o risco de incêndios e aumentar a rapidez na detecção de fogos florestais.

 

Os vencedores do Big Smart Cities vão ter, agora, a oportunidade de testar as soluções desenvolvidas em ambiente real, no município de Cascais.

 

O anúncio das distinções do Big Smart Cities realizou-se no dia 11 de Julho, no Centro Cultural de Cascais, e contou com a presença do ministro da economia, Manuel Caldeira Cabral, do presidente da câmara municipal de Cascais, Carlos Carreiras, do CEO da Vodafone, Mário Vaz, e do presidente da Ericsson, Pedro Queirós.

 

Foi ainda atribuída uma menção honrosa à aplicação móvel TiBu, que promove a partilha de experiências, ligando viajantes e turistas a residentes locais.

VOLTAR

NOTÍCIAS RELACIONADAS

2017-10-18
Tecnologia smart chega à varredura das cidades portuguesas
Instalar sensores nos carrinhos da varredura utilizados pelos cantoneiros, de forma a recolher dados sobre o serviço...
2017-06-06
20 ideias chegam à final do Big Smart Cities
A edição deste ano da competição de empreendedorismo Big Smart Cities é a mais participada de sempre, com 238...
2017-04-11
Alunos da U. Coimbra criam dispositivo para prever cheias
Adoptou o nome do rio da cidade onde nasceu, Rio Mondego, e vai servir-se de cinco sensores instalados ao longo do...
2017-03-31
Smart Cities Tour: Qualidade de vida dominou a etapa de Mafra
A terceira etapa do Smart Cities Tour 2017 foi acolhida pela vila de Mafra, no passado dia 22 de Março, e realizou-se...
VER TODAS