Prémios em dinheiro e em supermercados, restaurantes ou ginásios para quem utilizar sistemas de mobilidade partilhada nas deslocações para a instituição de ensino, para quem tiver hábitos de consumo sustentáveis ou para quem praticar exercício físico. Estas são algumas das práticas que o projecto UniLoop Rewards, apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, promete premiar. A iniciativa vai chegar a todo o país, mas arranca primeiro no campus da Universidade Nova, em Carcavelos, e baseia-se na utilização de uma aplicação móvel.

Com o objectivo de “apoiar” e promover comportamentos sustentáveis, a Fundação Calouste Gulbenkian uniu-se à UniLoop - conhecida pela sua plataforma de troca de livros - para lançar um projecto baseado na utilização de uma aplicação móvel e que tem como objectivo incentivar a adopção de comportamentos sustentáveis entre a comunidade estudantil, através de prémios e vantagens oferecidos por entidades parceiras, entre as quais estão restaurantes, supermercados, bibliotecas ou ginásios.

A iniciativa vai ser implementada, na sua fase piloto, entre a comunidade estudantil do campus da Nova School of Business & Economics, em Carcavelos, concelho de Cascais. O UniLoop Rewards apresenta-se, segundo comunicado de imprensa, como um “programa de fidelização dos jovens à sustentabilidade e à saúde”, atribuindo pontos ao utilizador da app consoante as atitudes positivas registadas. Estes pontos poderão, depois, ser levantados em dinheiro, transferidos para a conta bancária ou convertidos noutros benefícios junto dos parceiros do programa.

A aplicação móvel encontra-se agora em fase final de desenvolvimento e será lançada, para o projecto piloto, no terceiro trimestre deste ano. Em Setembro, o projecto deverá ser alargado ao resto dos estudantes de ensino superior do país.