A RadLegacy é a nova plataforma on-line dedicada à projecção das comunidades de Surf e Skate – até à data, uma vez que pretende estender-se a outras modalidades radicais. A ideia, de um grupo de jovens da Universidade de Aveiro, permite aos atletas de todo o mundo partilhar conteúdos multimédia utilizando equipamentos de determinadas marcas e conseguir um retorno financeiro com isso.

Na prática, através deste sistema, um atleta - patrocinado ou não – pode publicar um vídeo seu na plataforma RadLegacy, realizando algumas das suas melhores perícias e truques. Depois disso, os praticantes só têm que seleccionar os produtos que estão a usar, que se tornam, posteriormente, ‘clicáveis’ dentro da janela do vídeo. Ao carregar, é-se redireccionado para a página de compra da marca detentora dos produtos em questão, sendo que cada venda conseguida através das publicações gera receitas ao atleta e abre uma porta para ganhar a atenção de novas marcas e reconhecimento.

A plataforma agrega uma espécie de perfil com o legado de cada atleta, com informações sobre prémios, notícias publicadas na imprensa, vídeos, fotografias e outros dados pessoais.

A versão Beta, que se prevê que seja lançada a 28 de Junho, terá uma área de registo para atletas, fãs, marcas e para upload de vídeos, fotografias e produtos. Com a versão final em pleno funcionamento será possível cruzar os conteúdos com os produtos e gerar retorno aos atletas.

VOX, Wemoto, Vestal ou Makia fazem parte das marcas presentes no arranque, assim como atletas de Surf e Skate patrocinados, tais como os surfistas João Guedes e Alex Botelho e os skaters Hélder Lima e Pedro Roseiro.

Segundo o fundador do projecto, Manuel Vicente Albuquerque, Mestre em Engenharia Civil e amante de bodyboard, a RadLegacy tem “o melhor capital humano possível”, estando posicionada “em termos de conhecimento e contactos no meio para atacar as mais de 20 mil marcas e mais de 170 milhões de atletas e entusiastas espalhados pelo mundo”.

O mentor do projecto revelou ainda que já há profissionais nos Estados Unidos, Brasil e Alemanha interessados em fazer parte da plataforma e deixar a sua marca no RadLegacy.