Lisboa é uma das 16 cidades finalistas do Wellbeing City Award - o novo prémio destinado a premiar o comprometimento das cidades para com a qualidade de vida. Na primeira edição deste galardão desenvolvido pela organização sem fins lucrativos NewCities, a cidade portuguesa distingue-se na categoria de ambiente sustentável. Os vencedores serão conhecidos em Abril.

Das mais de 100 cidades de 27 países consideradas na análise inicial, Lisboa acabou por ser uma das 16 seleccionadas para a fase final. Em conjunto com a cidade espanhola de Avià, a costa-riquenha Curridabat e a australiana Moonee Valley, a cidade portuguesa concorre na categoria de ambiente sustentável, destacando-se através da sua estratégia para a acção ambiental.

Lançado em Setembro de 2018, o recém-criado prémio tem como objectivo servir de reconhecimento para as cidades que coloquem o bem-estar das pessoas no centro das suas políticas de planeamento e desenho urbano. O Wellbeing City Award resulta de uma parceria entre a NewCities e a fundação da farmacêutica suíça Novartis, dividindo-se em quatro categorias: comunidade, economia e oportunidade, saúde pública e ambiente sustentável.

Por agora, as 16 cidades finalistas vão passar por um período de avaliação das suas candidaturas, que serão revistas por um júri especialista. Em Abril de 2019, serão anunciados os vencedores, um por cada uma das quatro categorias. A cerimónia de entrega de prémios decorrerá numa data posterior, na cidade canadiana de Montréal, numa ocasião que deve contar com a presença de líderes de governo e autarcas de todo o mundo, assim como empreendedores dos sectores privado e sem fins lucrativos.