Criar competências em soluções de gestão empresarial de forma a responder aos desafios da transformação digital da economia nacional e internacional. Este é o objectivo da mais recente parceria entre a SAP e a NOVA IMS que pretende “formar e actualizar mais de 300 profissionais anualmente, adequadamente qualificados a ocupar novos e relevantes cargos nas organizações, de forma a poderem liderar a transformação digital”.

O acordo de parceria entre as duas organizações, já materializado no patrocínio da SAP à pós-graduação em “Digital Enterprise Management” da NOVA IMS, vai criar uma “importante bolsa de profissionais com competências de ponta, na nova vaga de soluções de gestão de informação empresarial que asseguram um elevado índice de empregabilidade”.

Reforçar a NOVA IMS como a escola de referência de Data Science em Portugal e na Europa e posicionar a SAP como uma “empresa inovadora que apoia a criação de emprego e o desenvolvimento de competências em TI (Tecnologias de Informação), deficitárias em Portugal, atraindo também ofertas de emprego no mundo e a promoção da internacionalização do talento”, são alguns dos objectivos desta parceria entre o universo académico e o mercado laboral.

"A existência de data scientists e de recursos humanos, adequadamente preparados e em número suficiente, é crucial para a eficiência e competitividade das organizações portuguesas”, realça Pedro Simões Coelho, professor e director da NOVA IMS.  Por esse motivo, a Escola de Gestão de Informação da Universidade NOVA de Lisboa está empenhada em disponibilizar, a estudantes e profissionais que pretendam reorientar as suas carreiras, “os programas mais inovadores nas áreas digitais que têm uma grande procura pelo mercado de trabalho e apresentam níveis de empregabilidade na ordem dos 100%”.

A SAP, por seu turno, vê a parceria com a NOVA IMS como uma forma de “aumentar as iniciativas de actualização de competências e desenvolvimento de carreiras na área da digitalização, assim como promover a requalificação de profissionais que se encontram em situação de desemprego jovem ou de longa duração”, explica Carlos Lacerda, director-geral da SAP Portugal.

Além disso, enquanto líder no mercado de software e aplicações empresariais, a empresa ambiciona “criar as condições e as competências tecnológicas necessárias ao mercado de trabalho e ao universo SAP, que inclui as empresas clientes, parceiros e a própria SAP, para a implementação de soluções de gestão e tecnológicas emergentes como é o caso do Internet of Things e do Big Data", acrescenta Carlos Lacerda.

Ao objectivo principal da parceria, saliente-se, acresce o de criação, a curto prazo, do primeiro Centro de Competências SAP numa universidade europeia, fora da Alemanha, que pressupõe acordos com o programa de Alianças Universitárias da SAP e com a Universidade Técnica de Munique.

Recorde-se que tanto a NOVA IMS, como a SAP, têm em comum o objectivo de “influenciar e impactar a transformação digital na economia nacional, especialmente conhecendo o défice de profissionais nesta área  verdadeiramente fundamental e cuja relevância tem reunido esforços nacionais e europeus em iniciativas como o Portugal 2020 e Horizonte 2020”.  Ao capacitar mais de 1500 profissionais até 2020, o grande enfoque desta união de forças é responder directamente às necessidades do mercado empresarial, não só em Portugal como no mundo inteiro.