Até 3 de Setembro, cidades, instituições públicas e privadas, start-ups, activistas sociais e investigadores podem submeter as suas ideias e projectos a apreciação do júri do World Smart City Awards. Os vencedores serão conhecidos em Novembro, em Barcelona, no Smart City Expo World Congress (SCEWC).

Na edição do ano passado dos World Smart City Awards, foram submetidas 309 ideias e projectos, vindas de 58 países – entre os quais Espanha, Holanda, China, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Argentina e Estados Unidos da América.

Realizados no contexto do SCEWC, o auto-intitulado “evento líder para cidades” e que recebeu, em 2017, mais de 18 mil participantes de 120 países, 700 cidades e 420 oradores, os prémios, que visam promover o desenvolvimento urbano sustentável através de ideias e projectos inovadores, regressam para mais uma edição. Procura-se, agora, quem submeta estratégias, projectos e ideias de gestão e desenvolvimento com o potencial de trazer mudança e impacto às cidades.

As ideias a apresentar devem cingir-se a temas como os da inovação, transformação digital, ambiente urbano, mobilidade, governança e finanças, e inclusão e partilha. Os candidatos pré-seleccionados serão informados a 10 de Outubro.

Por sua vez, a cerimónia de anúncio dos vencedores está marcada para 14 de Novembro, no âmbito do SCEWC, que se realiza entre os dias 13 e 15 desse mês. A assistir ao momento, estarão, segundo o sítio web do evento, mais de mil decisores dos sectores público e privado, pelo que estes prémios são apresentados, também, enquanto forma de encontrar exposição.

As candidaturas podem ser submetidas on-line e estão abertas a cidades, empresas, start-ups, inovadores, developers, centros de investigação, universidades, representantes da sociedade civil, organizações não governamentais, cooperativas, consórcios público-privados e activistas sociais.

 

À semelhança do que aconteceu em 2018, a revista Smart Cities volta a ser media partner oficial do evento.