A câmara municipal do Barreiro quer requalificar a zona envolvente da estação ferroviária, criando espaços de lazer e restauração. O antigo dormitório da CP e o Armazém de Víveres deverão ser reconvertidos num hostel, num processo que pretende criar emprego e deverá estar concluído antes do final de 2019.

O projecto de requalificação, iniciativa do município do Barreiro, vai recorrer a uma hasta pública para encontrar investidores privados que assegurem a intervenção numa área superior a 296 mil metros quadrados. A recuperação do edifício do antigo dormitório da CP e do Armazém de Víveres vão permitir a instalação, naqueles edifícios, de uma zona de hospedagem, assim como zonas de restauração e lazer.

Em comunicado de imprensa, o município anuncia que a solução encontrada por este projecto contribuirá para a “criação de emprego”, numa “nova fase, em que se pretende atrair e fixar a população mais nova no concelho”.

Este projecto, que deverá ser concluído até ao fim do próximo ano, surge depois de assinado um contrato de subconcessão, celebrado entre a câmara municipal do Barreiro e a Infraestruturas de Portugal - Património.

 

Foto: © Câmara municipal do Barreiro