Lisboa está entre as três candidatas finalistas na corrida à organização da maior conferência internacional de mobilidade em bicicleta – a Velo-City 2017 -, disputando o lugar de anfitriã com Estocolmo, na Suécia, e Arnhem, na Holanda.

A candidatura portuguesa, apresentada pela Câmara Municipal de Lisboa, - “Slow is fast and Beautiful – Cities at the pace of cycling” - baseia-se no trabalho desenvolvido pela capital, desde 2007, na promoção do uso da bicicleta em meio urbano, promovendo ainda a mesma atitude em países africanos e no Brasil.

A decisão final, a ser tomada pela Federação Europeia de Ciclistas (ECF), será conhecida no próximo mês de Dezembro.

Recorde-se que a Velo-City é considerada a maior conferência de especialistas em mobilidade suave à escala mundial, reconhecida por oferecer às cidades projecção mediática nacional e internacional e a possibilidade de se afirmarem enquanto espaços urbanos que promovem a qualidade de vida. A edição de 2017, para a qual Lisboa se candidatou, prevê a presença de mais de 2 mil delegados vindos de 80 países.