Até agora, a mytaxi ligava, somente, passageiros a motoristas de táxi. Agora, vai passar a disponibilizar, em cidades europeias - e à semelhança de outras operadoras (como a recém-chegada Lime, em Lisboa) -, trotinetas eléctricas. O lançamento do serviço partilhado deverá acontecer ainda este ano.

A entrada da mytaxi no negócio das trotinetes eléctricas partilhadas “faz parte da estratégia de mobilidade ampliada do principal fornecedor de viagens da Europa”, pode ler-se em comunicado enviado às redacções na passada segunda-feira, 29 de Outubro.

O projecto piloto vai ser lançado no mercado europeu ainda durante 2018, estando prevista a expansão em 2019 por vários países da Europa. O director executivo da mytaxi, Eckart Diepenhorst avançou que a sua empresa, procura, agora, encontrar “potenciais combinações” entre o serviço de ligação entre passageiros e motoristas e as trotinetas eléctricas. Para o responsável, as trotinetes eléctricas são o complemento perfeito para o serviço da aplicação móvel porque, conta, estes veículos “são utilizados sobretudo em viagens curtas, de um ou dois quilómetros”.

As trotinetas eléctricas partilhadas são ainda uma novidade por cá. Actualmente apenas presentes na cidade de Lisboa, as trotinetes eléctricas da norte-americana Lime, chegaram a Lisboa no início do mês de Outubro. No final do mês de Setembro, a Smart Cities publicava uma entrevista com Noa Khamallah, director de Relações Institucionais na Europa da Lime.

Fundada em Junho de 2009, a aplicação mytaxi já ligou mais de 10 milhões de passageiros a 100 mil motoristas.