O arranque do projecto da rede ciclável de Guimarães é uma das obras que determinou a atribuição, por parte do Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade (ICVM), da bandeira “Cidade de Excelência - Nível III” à cidade vimaranense. O reconhecimento do esforço da cidade ao nível da mobilidade aconteceu no passado dia 12 de Julho, no Salão Nobre da câmara municipal de Guimarães.

Os investimentos e a obra apresentados nos eixos da regeneração urbana e turismo foram factor decisivo na atribuição da distinção agora conferida a Guimarães. Recorde-se que a cidade havia já recebido, em Dezembro de 2016, o nível II desta bandeira, num reconhecimento que visava premiar os trabalhos de qualificação da cidade levados a cabo pelo município.

Desta vez, foi o projecto de mobilidade sustentável da rede ciclável de Guimarães, denominada ECOVIA, mas também outras obras ao nível da mobilidade, como o desnivelamento do nó de acesso à auto-estrada A11, ou o parque de estacionamento de Camões, a merecer a atribuição do nível seguinte da distinção conferida pelo Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade, responsável pela criação da rede Cidades e Vilas de Excelência.

A associação sem fins lucrativos Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade foi fundada em 2006, com o objectivo de contribuir para o desenvolvimento integrado do território e das pessoas que nele habitam. Até ao momento, e para além da cidade de Guimarães, mais de três dezenas de vilas e cidades portuguesas aderiram à rede Cidades e Vilas de Excelência.