O município de Águeda recebeu, no passado dia 7 de Outubro, a Bandeira “Cidade de Excelência – Nível III”, atribuída pela Rede de Cidades e Vilas de Excelência. O selo serviu de reconhecimento ao trabalho feito até aqui pela autarquia no âmbito dos trabalhos de requalificação da cidade.

As intervenções que motivaram a distinção fazem parte do Plano de Acção Local proposto pelo município aquando da sua adesão à Rede de Cidades e Vilas de Excelência, no que se refere aos eixos “Cidade ou Vila Ciclável e de Mobilidade Amigável” e “Cidade ou Vila de Regeneração e Vitalidade Urbana”. Entre os factores que contaram para este reconhecimento estiveram o avanço dos trabalhos no âmbito dos projectos BeAgueda, Clair-city, TRACE, CISMOB, Mapa da Bicicleta em Águeda e Águeda Smart City Lab, entre outros.

Segundo Jorge Almeida, presidente da câmara municipal aguedense, este é um reconhecimento "importante" dos esforços que o município tem desenvolvido com vista a “facilitar a mobilidade dos cidadãos e disponibilizar aos munícipes as melhores condições possíveis para viver na cidade e concelho”. O autarca reforçou ainda a vontade de continuar a trabalhar “em diversas áreas” que irão “beneficiar directamente todos os aguedenses”.

A bandeira foi entregue ao autarca pela presidente do Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade (ICVM), Paula Teles. Recorde-se que a Rede de Cidades e Vilas de Excelência pretende juntar os municípios num compromisso prático com a qualificação dos seus territórios e das dinâmicas socioculturais e económicas existentes. A adesão à rede pressupõe a definição de metas no âmbito da acessibilidade, mobilidade cicláve e amigável, regeneração e vitalidade urbana, turismo, eficiência energética/smart city, e desporto e saúde.