O Fab Lab Aldeias do Xisto vai participar na 10ª edição do programa Fab Academy com mais de 120 fab labs de todo o mundo. Serão, ao todo, 20 semanas de aprendizagem para explorar as aplicações e implicações da fabricação digital e, no caso português, serão abertas quatro vagas para bolsas de estudo.

É já a partir deste mês de Janeiro que todas as quartas-feiras, às 9 horas em Boston, 6 horas no Alasca, 4 horas na Nova Zelândia, 11 horas no Japão e 14 horas no Fundão, pequenos grupos de alunos vão reunir-se nos seus fab labs para projectar e fabricar objectos.

Os fab labs são espaços dotados de ferramentas de fabricação digital ou digitalmente controladas que permitem passar da ideia à prática. Nestes espaços, é comum encontrar-se software de modelação, impressoras digitais e máquinas de corte a laser.

Em cada encontro semanal, os participantes assistirão, através de um sistema de videoconferência, à masterclass leccionada por Neil Gershenfeld, físico do MIT.

Todas as semanas, será dado destaque a um tópico diferente, entre os quais está software CAD, gestão de projectos, programação, impressão 3D, corte e laser e design de interfaces.

As quatro bolsas de estudo que o Fab Lab Aldeias do Xisto vai atribuir contam com descontos que podem ir até aos 50% de isenção na propina. As candidaturas para a atribuição destas bolsas terminaram no passado mês de Dezembro. Já as candidaturas para a Fab Academy estão abertas até ao próximo dia 7 de Janeiro.

Foto: ©Fab Lab Fundão/Aldeias do Xisto