A pensar no aumento de ataques terroristas com recurso a veículos motorizados, a portuguesa Larus desenvolveu uma solução que assegura a protecção de praças e zonas pedonais. Foi apresentada no início do mês de Novembro e o seu nome, Strong, remete para a elevada capacidade de absorção de impacto.

O objectivo é aumentar a segurança nas principais praças e locais das cidades com maior concentração de pessoas. A solução Strong promete ser capaz de fazer isto mesmo, absorvendo o impacto de viaturas em movimento e imobilizando-as. Segundo comunicado da empresa sedeada em Albergaria-a-Velha, o equipamento destaca-se pela sua robustez e, sobretudo, pelo facto de ser de fácil instalação, já que a sua reduzida profundidade (35 milímetros) é garantia de não interferência com condutas subterrâneas e demais infra-estruturas de abastecimento de água ou electricidade.

A solução para protecção de espaços públicos, desenvolvida a pensar em cidades de média e grande dimensão, impede a circulação de viaturas e destina-se a absorver eventuais impactos de viaturas em movimento, prometendo, igualmente, revelar-se um elemento dissuasor, promotor de segurança nos centros urbanos.

O mobiliário urbano da Larus resulta de colaborações com vários arquitectos, como Álvaro Siza Vieira ou Eduardo Souto de Moura, e está presente em várias cidades, dentro e fora do país. Em 2011, a empresa foi distinguida como a melhor empresa europeia na implementação do design pelo Centro Europeu de Design.