Criada por investigadores do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE), da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), em parceria com a Associação Portuguesa de Lixo Marinho (APLM), a plataforma Lixo Marinho é um projecto que assenta na participação cidadã para contabilizar, mapear e recolher o lixo presente nas praias portuguesas. A partir de agora, a plataforma encontra-se também disponível em formato app, disponível gratuitamente para dispositivos móveis Android.

Disponível em versão web, nas redes sociais Facebook e Instagram - e mais recentemente, em formato aplicação móvel -, a Lixo Marinho permite que os seus utilizadores procedam ao registo, em tempo real, da contagem do lixo presente nas praias. O objectivo é a contabilização e o mapeamento do lixo marinho, de modo a “alertar as entidades competentes para a urgência na adopção de medidas que permitam mitigar” o problema, lê-se em comunicado de imprensa.

A plataforma estende o convite à participação de todos os cidadãos, disponibilizando duas tipologias de contagem: uma simples e outra de carácter científico, dirigida exclusivamente a investigadores e técnicos especializados.

A contagem simples permite distinguir os resíduos encontrados nas praias, subdividindo-os em 20 categorias de itens. Esta contagem distingue, a título de exemplo, a presença de sacos de plástico, de beatas, palhinhas, redes, embalagens ou garrafas de vidro. Por seu lado, a contagem científica inclui uma listagem mais pormenorizada dos tipos de lixo marinho encontrados, disponibilizando dados “úteis” às entidades responsáveis pela monitorização deste tipo de poluição.

O objectivo, para além da sensibilização dos cidadãos e dos decisores políticos, passa pela construção de uma plataforma alargada de dados abertos (open data) sobre a poluição da costa portuguesa. Estes dados estarão, no futuro, disponíveis a todos os utilizadores que se registem na plataforma.

A inscrição na plataforma está aberta a todos os cidadãos e pode ser efectuada no sítio web da Lixo Marinho.