Um grupo de jovens e crianças de Esposende está a participar num projecto que pretende transformar água salgada em água potável. A iniciativa tem o nome “Aproveita o que o Mar te oferece” e está a ser desenvolvida durante o ano lectivo por jovens que frequentem o CoderDojo, um espaço de ensino de programação de Esposende. Em Março de 2020, o projecto deverá ser apresentado num encontro internacional a realizar no estado da Califórnia, nos Estados Unidos da América (EUA).

Vai ser “preparado ao longo de vários meses” e o objectivo final é poder aproveitar a água do mar para “diferentes utilizações”. Em Março de 2020, o grupo de crianças e jovens de Esposende que se encontra a desenvolver o projecto de cariz ambiental pretende apresentar o resultado do seu trabalho no encontro internacional de mostra de projectos criados por jovens, Coolest Projects, a decorrer no estado norte-americano da Califórnia.

A iniciativa “Aproveita o que o Mar te oferece” está a ser desenvolvida por jovens que frequentam o espaço de aprendizagem de programação de Esposende CoderDojo - uma rede internacional de espaços locais de programação. Através da recolha e posterior dessalinização de água do mar nas praias de Esposende, através de um “sistema de aquecimento/filtragem com monitorização”, o objectivo é proporcionar água potável aos visitantes dos areais, evitando a utilização de garrafas de plástico descartável e possibilitar a criação de bebedouros destinado aos animais domésticos.

A aposta do CoderDojo Esposende para o ano lectivo 2019/2020 é o ambiente, pelo que o envolvimento do espaço de programação nesta iniciativa pretende “sensibilizar e motivar os jovens para o ambiente”, conta, em nota de imprensa, a Associação Cidadãos de Esposende, promotora do projecto.

Em comunicado de imprensa, a associação revela ter pedido apoio autárquico para o desenvolvimento deste projecto.

O CoderDojo Esposende foi lançado em 2017 pela Associação de Cidadãos de Esposende, tendo, desde aí, sido responsável pelo desenvolvimento de “vários projectos”.